16 agosto 2010

" Anjos do mar "

Olá trambiqueiros !

Na aula de hoje, analisamos o poema "minha desgraça" de Alvares de Azevedo.
Para conhecermos um pouco mais de suas obras, que tal analisarmos mais um de seus poemas?
Anjos do Mar.

As ondas são anjos que dormem no mar,
Que tremem, palpitam, banhados de luz...
São anjos que dormem, a rir e sonhar
E em leito d’escuma revolvem-se nus! 

E quando, de noite, vem pálida a lua
Seus raios incertos tremer, pratear...
E a trança luzente da nuvem flutua...
As ondas são anjos que dormem no mar!

Que dormem, que sonham... e o vento dos céus
Vem tépido, à noite, nos seios beijar!...
São meigos anjinhos, são filhos de Deus,
Que ao fresco se embalam do seio do mar!

E quando nas águas os ventos suspiram,
São puros fervores de ventos e mar...
São beijos que queimam... e as noites deliram
E os pobres anjinhos estão a chorar!

Ai! quando tu sentes dos mares na flor
Os ventos e vagas gemer, palpitar...
Por que não consentes, num beijo de amor,
Que eu diga-te os sonhos dos anjos do mar?

 Vamos analisá-lo juntos? Comentem, e partilhem conosco o que você achou sobre ele.
Beeijos trambiqueiros, até logoo :*

4 comentários:

  1. Marcelynne Almeida16 de agosto de 2010 18:33

    Pri, essa poesia é realmente muito linda! Geralmente as poesias mais antigas são as mais "complicadas" kkkk. Toda a metáfora, as palavras usadas por Álvares de Azevedo tornam ela ainda melhor. Pesquisei mais poesias dele, e percebi que apesar de serem bem antigas não deixam de ser compreensíveis....e boas!
    Esse site tem algumas : http://www.aindamelhor.com/poesia/poesias07-alvares-azevedo.php

    ResponderExcluir
  2. Que bom que escolhi uma poesia que a agradoou. Obrigada por partilhar conosco sua interpretação. Beeeeijo :*

    ResponderExcluir
  3. Adorei a poesia
    reflete muito sobre metáfora, é uma caracteristica do autor.


    Bruna sua aluna preferida

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu adorei, apesar da metáfora ser predominante no texto, o que dificultou um pouco a minha compreensão, depois de ler umas 5 vezes, intendi e adorei. É simplismente incrível como ele consegue usar a metáfora de um jeito que eu estou até sem palavras. Enfim, muito bom mesmo, parabéns Priscilla. =D

    ResponderExcluir